(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

SMZS-FNAM defende a urgência pediátrica de Portimão

SMZS-FNAM defende a urgência pediátrica de Portimão

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS), integrado na Federação Nacional dos Médicos (FNAM), manifesta a sua profunda preocupação com o encerramento das urgências de pediatria do Hospital de Portimão, obrigando o Hospital de Faro a ser a única unidade com este serviço disponível no Algarve.

O SMZS-FNAM esteve ontem presente numa concentração promovida pela Comissão de Utentes do SNS de Portimão.

O encerramento do serviço integra-se num movimento, promovido por sucessivos governos, de ruína sustentada dos cuidados materno-infantis do Serviço Nacional de Saúde, de Norte a Sul do país. Assim, a população do Algarve fica desprovida de um de dois polos que possa dar assistência às crianças da região, sendo particularmente preocupante em vésperas do período de férias, dado o importante papel do turismo na demografia durante o verão.

A Comissão de Utentes do SNS de Portimão promoveu ontem, 3 de julho, uma concentração em defesa do serviço de urgência pediatria, em que o SMZS-FNAM marcou presença, em defesa dos utentes, dos médicos e dos cuidados de saúde materno-infantis do SNS.

A estratégia de precarização do Ministério da Saúde leva, primeiro, à deterioração e, por fim, ao encerramento dos serviços, numa medida concertada pelo Governo e pelos interesses privados no sector da Saúde.

Para o SMZS-FNAM, é fundamental a manutenção de todos os serviços materno-infantis no Algarve, com garantias de segurança para os utentes e das condições de trabalho dos médicos.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos