(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Liga Portuguesa Contra o Cancro renova o apelo à contribuição no peditório

Cristiano Ronaldo volta a ser o embaixador da campanha
Liga Portuguesa Contra o Cancro renova o apelo à contribuição no peditório

O Peditório nacional a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) tem início amanhã, 28 de Outubro, e decorre até 1 de Novembro.

A iniciativa, principal fonte de financiamento comunitário da Instituição, tem novamente como embaixador Cristiano Ronaldo.

Sob o mote “Faça parte desta equipa: ninguém consegue fazer tudo sozinho”, Cristiano Ronaldo lança o desafio para que todos os Portugueses contribuam para esta causa, com o objectivo de fazer da luta contra o cancro um exemplo nacional de entreajuda e de solidariedade.

Na Região Centro, o Peditório é desenvolvido em todos os concelhos através de Grupos de Voluntariado Comunitário os quais, numa perspectiva de acção descentralizada e de proximidade às populações, desempenham um papel fundamental na promoção da saúde, prevenção da doença e no apoio aos doentes oncológicos e cuidadores.

Os voluntários da LPCC estarão credenciados com os tradicionais coletes vermelhos, cartão de identificação à lapela e serão portadores dos cofres de cor azul, devidamente selados. Abordarão os portugueses numa perspectiva solidária, solicitando uma contribuição na medida da disponibilidade de cada um.

De forma isolada, as contribuições individuais terão pouco impacto na luta contra o cancro... Mas se perspetivarmos o colectivo, isto é, o somatório das contribuições individuais e as sinergias que daí decorrem, então, poderemos actuar de forma mais eficaz e abrangente nas várias vertentes da luta contra o cancro – este é o mecanismo subjacente à realização do peditório” refere Vítor Rodrigues, presidente da direcção do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Os fundos terão como destino as iniciativas de apoio ao doente, familiares e cuidadores, de promoção da saúde e prevenção do cancro e de apoio à formação e investigação em oncologia (conheça os principais números da nossa actividade em 2021 aqui).

As doenças oncológicas continuam a registar uma alta incidência no nosso País (mais de 60.000 novos diagnósticos a cada ano), sendo uma das principais causas de morbilidade, incapacidade e mortalidade, com profundo impacto nos doentes, nas famílias e na sociedade.

O cancro colorretal, da mama e da próstata são os tipos de cancro mais prevalentes. De acordo com dados do Globocan/IARC (2020), o número de casos estimados de cancro em 2020 fixaramse nos 19 milhões a nível mundial (ambos os sexos, todos as idades), estimando-se que em 2040 atinja um total de 28,9 milhões de pessoas em todo o mundo.

Sobre a Liga Portuguesa Contra o Cancro

A Liga Portuguesa Contra o Cancro, fundada em 1941, tem registado uma actividade constante, assinalável e próxima no apoio ao doente oncológico e cuidadores, na prevenção primária e secundária da doença oncológica e no apoio à formação e à investigação em cancro. Não recebendo subsídios ou subvenções estatais para o desenvolvimento das suas actividades, são os fundos provenientes do Peditório anual o garante da sustentabilidade financeira das actividades que desenvolve, nomeadamente as de apoio ao doente e cuidadores.

A LIGA em números (2021)

Os nossos números falam por si!

Em 2021 estes foram os principais números que resultaram do nosso apoio e da sua ajuda (clique para ver online)

1.547.788€ disponibilizados para aquisição de medicamentos, próteses, transporte para consultas e tratamentos, e alimentação dos doentes mais carenciados.
328.560€ atribuídos a 23 bolsas de investigação, a 5 centros de investigação e a 20 acções de apoio à formação em oncologia.
353.062 mamografias efectuadas em 34 unidades móveis e 6 fixas.
19.892 voluntários ligados a esta causa.
4.232 doentes acompanhados em centros de dia e 178 doentes recebidos em lares da liga
12.287 consultas e 1.705 doentes acompanhados no âmbito do programa de consulta de psicooncologia.
5.233 chamadas recebidas e emails respondidos através da Linha Cancro e Linha Pulmão
753 acções realizadas, envolvendo 359.036 alunos do ensino básico e secundário e público em geral, para consciencialização e sensibilização.
1.053 processos de apoio jurídico resolvidos por uma equipa de 22 juristas.
30 acções realizadas no âmbito do ensino e educação para profissionais de saúde, envolvendo um total de 1920 profissionais.
19 campanhas de prevenção, 26 conferências.
  • PARTILHAR   

Outros Artigos