(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Instituições podem contratar para a campanha em curso de vacinação

Instituições podem contratar para a campanha em curso de vacinação

Ministério da Saúde delegou competências nas administrações

O Ministério da Saúde publicou, finalmente, o despacho a delegar competências nas instituições do SNS para contratar enfermeiros, no âmbito da campanha de vacinação em curso.

Estando, no essencial, a actual campanha de vacinação (agora já a terceira) a ser assegurada por enfermeiros dos centros de saúde e/ou em regime de subcontratação, com esta delegação de competências, é exigível que as administrações regionais de saúde contratem enfermeiros para, desta forma, libertar tantos quantos possíveis, os enfermeiros alocados às unidades funcionais dos centros de saúde para que possam prosseguir o desenvolvimento da atividade assistencial.

É imperioso que se reverta a diminuição de consultas presenciais nos centros de saúde – comparando dezembro de 2019 com outubro de 2021 diminuíram 169.252 (-11,2%) enquanto as consultas NÃO presenciais aumentaram 807.128 (+119,1%).

Cuidar de pessoas exige relação e confiança que só se conseguem estabelecer quando os interlocutores interagem.

Procurar demonstrar que essa confiança se mantém e/ou que as respostas em cuidados de saúde aos portugueses estão a ser dadas por telefone é pretender reduzir a capacidade humana de se relacionar com outros, aumentando as suas necessidades em cuidados de saúde (psíquicas).

Exigimos que, ao abrigo do despacho agora publicado (despacho nº 12156/2021) sejam contratados os enfermeiros necessários para permitir libertar os existentes para as actividades assistenciais programadas, rastreios, ensinos, etc., nos centros de saúde.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos