(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Fundação Portuguesa de Cardiologia desafia portugueses a ligarem-se ao seu coração

Fundação Portuguesa de Cardiologia desafia portugueses a ligarem-se ao seu coração

A Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) promove a Quinzena do Coração, no âmbito do Dia Mundial do Coração, assinalado a 29 de Setembro, com a criação da plataforma digital “Liga-te com o Coração”. Seguindo o mote definido para este ano pela World Heart Foundation, a FPC pretende assim alertar para o contributo que os meios digitais podem ter na prevenção das doenças cardiovasculares e na promoção de hábitos de vida saudáveis.

De 27 de Setembro a 8 de Outubro serão disponibilizados na plataforma conteúdos dirigidos a toda a população, abrangendo temáticas diversificadas como alimentação, exercício físico, stress, sexualidade, a influência do clima na saúde cardiovascular, as doenças cardiovasculares nas mulheres, entre outros. Haverá ainda espaço para partilha de dicas como “Covid-19 e vitamina D” e “O que fazer numa paragem cardiorrespiratória em contexto Covid-19”.

O arranque da quinzena será marcado pela sessão de abertura, no dia 27 de Setembro, pelas 18:00 horas, que conta com a participação de Sónia Paixão, Vice-Presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, João Pedro Monteiro, Director do Departamento de Atividade Física e do Desporto da Câmara Municipal de Lisboa e Manuel Carrageta, Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia.

No dia 29, será organizado em Lisboa um circuito em forma de “Coração”, com uma distância de cerca de 5 quilómetros. Ao longo do percurso existirão "estações" em que os participantes serão sensibilizados para a importância da adopção de estilos de vida saudáveis, nomeadamente através da avaliação da pressão arterial, ou aconselhamento nutricional.

«A Covid-19 impactou a vida de todos e em particular dos doentes cardiovasculares, afastando-os dos contactos presenciais e em alguns casos dos cuidados de saúde, mas aproximou-nos das novas tecnologias. Neste momento é fundamental aproveitarmos o que a conectividade digital nos permite, fazendo dela uma aliada na protecção do coração e na luta contra as doenças cardiovasculares. O que queremos nesta quinzena é lembrar que todos nos devemos “ligar” ao nosso coração na prevenção, diagnóstico e tratamento», afirma Manuel Carrageta Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia.

A nível mundial estima-se que cerca de 520 milhões sofram de doenças cardiovasculares, continuando a ser a principal causa de morte em todo o mundo. Os doentes cardiovasculares são grupo de risco para a Covid-19, o que tem contribuído para que muitos se tenham isolado. As ferramentas digitais surgem assim como um combate ao isolamento, mas também como uma fonte de informação, apoio e motivação para cuidar do coração.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos