(Z1) 2022 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

APLO apela à ONU para que priorize a saúde primária

A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) é um dos signatários da carta aberta endereçada à Organização das Nações Unidas (ONU)
APLO apela à ONU para que priorize a saúde primária

A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO), em consonância com a missão que desempenha em Portugal, assinou uma carta aberta pedindo aos líderes das Reuniões de Alto Nível da ONU de 2023 que priorizem uma abordagem de cuidados de saúde primários (CSP).

Esta carta, assinada por mais de 75 instituições de 30 países, reitera o apelo aos líderes para que estes considerem determinante a Cobertura Universal de Saúde e Prevenção, a Preparação e Resposta Pandémicas e o ponto médio de 2023 para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável”, afirma Raúl de Sousa, Presidente da APLO.

Ao longo de décadas, o mundo assumiu um conjunto abrangente de compromissos ambiciosos na área da saúde, que prometiam um futuro saudável para todos, mas que invariavelmente não foram cumpridos.

Nesse sentido, priorizar uma abordagem de cuidados de saúde primários é condição necessária para poder impactar todas as comunidades e atender à grande maioria das necessidades de saúde das pessoas, ao longo das suas vidas. É necessário aprender com a pandemia COVID-19 e outras ameaças emergentes à saúde, que continuam a testar a nossa resiliência, mas importa também agir em função das mesmas com soluções, políticas e intervenções directas e apropriadas, alicerçadas em sistemas de saúde fortes, potenciando equitativamente um maior bem-estar e prosperidade social e económica.

Esta proposta sugere à ONU que enfrentemos os desafios do futuro norteados por uma acção que se distingue em 3 frentes: priorizar as pessoas que foram excluídas pelo sistema e não aquelas que já se beneficiam dele; assegurar cuidados de saúde de qualidade às comunidades em detrimento de exigir sacrifícios financeiros ou pessoais para obter um nível de vida saudável e, por último, conceber a CSP como um investimento - não um custo - para introduzir resiliência entre os pilares dos sistemas de saúde globais” conclui Raúl de Sousa.

Esta é uma carta aberta global e agregadora que exorta os líderes da ONU a considerar os cuidados de saúde primários, como o mote para mudar o presente com as aprendizagens do passado, na certeza de que gerações futuras nos agradecerão.

Carta aberta aqui: https://www.phc3for1.org/

Sobre a APLO

A Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) representa os Optometristas, a maior classe profissional de prestadores de cuidados para a saúde da visão, em Portugal. Actualmente conta com cerca de 1.372 membros. A APLO é membro da Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira e do Allies Improving PHC. Para mais informações, consulte: www.aplo.pt

  • PARTILHAR   

Outros Artigos