(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

1 em cada 3 doentes oncológicos sofre de malnutrição. Nutrição Clínica no doente oncológico é tema de debate virtual

1 em cada 3 doentes oncológicos sofre de malnutrição. Nutrição Clínica no doente oncológico é tema de debate virtual

De acordo com especialistas, todos os tumores malignos são diferentes, assim como diferente é também a forma como o cancro se manifesta nos doentes. Há, no entanto, algo que estes têm em comum: o risco de malnutrição.

Os dados revelam que um em cada três (1) destes doentes encontram-se malnutridos. Um problema que, contas feitas, se estima que custe à volta de 17 mil milhões de euros por ano na União Europeia (2). É para este problema que se alerta hoje, pelas 21:00 horas, através de uma sessão informativa denominada "Nutrição Clínica no Doente Oncológico", que vai decorrer na página de Facebook da revista Cuidar, com o apoio da Fresenius e vários intervenientes que irão desmistificar, informar e aconselhar os doentes e seus cuidadores sobre esta temática.

A presença da doença, a resposta à mesma, o impacto dos tratamento – são vários os factores que ajudam a justificar o risco elevado de malnutrição dos doentes oncológicos. Um risco que, apesar de ser reconhecido, nem sempre se faz acompanhar pela devida intervenção nutricional, essencial para melhorar a qualidade em Oncologia. A falta de informação e acesso a cuidados nutricionais no doente oncológico é, de resto, um dos temas em destaque nesta conversa a várias vozes. Catarina Malheiro, editora da revista Cuidar, dá início ao encontro, onde Marta Carriço, Nutricionista na Fundação Champalimaud, irá falar também no Impacto da nutrição no doente oncológico.

Os Mitos e realidades da suplementação nutricional são o tema desenvolvido por Raquel Conceição, Nutricionista da Fresenius Kabi, que se fará juntar ainda, neste encontro virtual, por Maria José Dias, Enfermeira do IPO-Porto, a quem caberá reforçar o papel do enfermeiro no acompanhamento nutricional.

Um estudo recente, publicado na revista Journal of Clinical Medicine por uma investigadora nacional, confirma a importância da avaliação nutricional no cancro, definindo-a como «essencial» ao permitir «seleccionar a intervenção nutricional adequada, com o melhor impacto possível no estado nutricional, composição corporal, eficácia do tratamento e, finalmente, redução de complicações e melhoria da sobrevida e qualidade de vida».

De facto, a desnutrição nos doentes com cancro tem impacto, sobretudo, ao nível dos resultados em Saúde. Os cuidados nutricionais devem, por isso, ser parte integrante do tratamento do cancro.

Consulte abaixo o programa para este webinar.

.

(1) "Better care through better nutrition: value and effects of medical nutrition – A summary of the evidence base";

(2) "The economic costs of disease related malnutrition", Freijer, Karen et al. (Clinical Nutrition, Volume 32, Issue 1, 136 – 141).

  • PARTILHAR   

Outros Artigos