(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre

Sociedade Ponto Verde e DECO PROTESTE vão realizar Estudo de Perceção sobre os custos pagos pelos cidadãos pela reciclagem das embalagens

Sociedade Ponto Verde e DECO PROTESTE vão realizar  Estudo de Perceção sobre os custos pagos pelos  cidadãos pela reciclagem das embalagens

Ontem, na comemoração do primeiro Dia Nacional da Sustentabilidade, a Sociedade Ponto Verde (SPV) e a DECO PROTESTE celebraram um Protocolo de Cooperação para a realização de um Estudo de Perceção dos cidadãos sobre os custos pagos relacionados com a reciclagem de embalagens, o tratamento de resíduos em geral e a avaliação do nível de serviço que recebem por comparação com os valores que pagam.

Esta colaboração reforça o trabalho conjunto realizado pelas duas entidades nos últimos anos.

Este estudo está inserido na ambição da SPV e da DECO PROTESTE em ajudar a tornar a gestão de resíduos urbanos em Portugal mais transparente, considerando que o país tem ambiciosas metas para cumprir nos próximos anos, ou seja, devem ser reciclados 55% dos resíduos urbanos até 2025, percentagem que deve aumentar para 60% até 2030 e para 65% até 2035.

Para isto acontecer, é necessário continuar a alterar comportamentos e a fazer evoluir o sistema, tornando-o não só mais transparente como mais justo e também mais conveniente, de forma a incentivar os cidadãos a terem um papel mais ativo na reciclagem, tornando possível a recolha de mais recicláveis.

Recorde-se que a atual legislação já prevê que os resíduos urbanos sejam taxados à parte em vez de indexados à fatura da água, como acontece atualmente. A SPV acompanha esta posição, defendendo a adoção de sistemas como o pay as you throw (PAYT).

O objetivo final é simplificar e facilitar a compreensão por parte dos cidadãos quanto aos custos que estão associados a esta prática, beneficiando quem participa no processo de reciclagem de resíduos urbanos, como as embalagens, mas alargado a outros fluxos específicos, e penalizando quem não o faz.

A SPV e a DECO PROTESTE procuram, assim, através da realização deste Estudo de Perceção, avaliar o conhecimento dos cidadãos recorrendo a questões como “Sabem que custos são estes?”, “A que se destinam?” ou “Como veem o valor pago versus o nível de serviço que recebem?".

“A DECO PROTeste, enquanto maior organização de defesa do consumidor em Portugal (e uma das maiores da Europa) sempre defendeu a urgência de existir uma data que mobilize a sociedade civil para uma reflexão a nível global sobre a implementação de ações e atitudes concertadas, que promovam um futuro social, ambiental e económico, mais sustentável e consciente da fragilidade dos recursos naturais. Temos por isso muito orgulho em termos estado na origem desta iniciativa, do Dia Nacional da Sustentabilidade, que agora passará a ser de todos. Este protocolo celebrado com a SPV decorre do espírito deste dia e da vontade de ter uma relação mais próxima com o consumidor,” explica João Ribeiro, Country Manager da DECO PROTESTE.

“A Sociedade Ponto Verde, em conjunto com a DECO PROTESTE vai realizar este estudo, que é pioneiro no nosso país, acreditando que nos dará informação muito valiosa e sustentada quanto ao conhecimento dos cidadãos e à forma como se relacionam com o atual sistema de resíduos urbanos, nomeadamente no que diz respeito à reciclagem de embalagens. Defendemos que o sistema tem de ser mais justo e transparente, para que os cidadãos possam reciclar mais e melhor e, coletivamente, consigamos cumprir com as metas nacionais da reciclagem”, refere Ana Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos