(Z1) 2022 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

PAN Algarve marcou presença na manifestação organizada pela Empty the Tanks Portugal no Zoomarine

PAN Algarve marcou presença na manifestação organizada pela Empty the Tanks Portugal no Zoomarine

PAN Algarve marcou presença na manifestação organizada pela Empty the Tanks Portugal no Zoomarine na passada quarta-feira, dia 3 de Agosto, onde se juntaram mais 70 organizações nacionais à Empty the Tanks Portugal. Esta, pertence à organização Internacional “Dolphin Project” com 52 anos de existência e sucesso na reabilitação de golfinhos em 9 países. O objectivo desta e outras acções, é um apelo público para que espaços como o Zoomarine, deixem de incluir espectáculos circenses com animais selvagens no seu modelo de negócio passando a própria empresa a reabilitar em Santuário na natureza os seus animais com os mesmos treinadores e médicos veterinários de sempre. O Parque de Diversões pode desta forma, renovar a sua imagem pública nacional e internacional e substituir por alternativas que não impliquem a manutenção de animais em cativeiro, em espaços cerca de duzentas mil vezes menores que os territórios que ocupariam no seu habitat natural, separados das suas estruturas sociais, familiares e culturais.

O PAN não está contra o Zoomarine, muito pelo contrário, reconhece o seu valor social e económico na região e apenas apela à mudança do seu modelo de negócio, considerando mesmo, que o Zoomarine poderia ser pioneiro na criação do primeiro Santuário na natureza para animais marinhos em Portugal. Num santuário, o Zoomarine poderia fazer a reabilitação de animais não só oriundos de arrojamentos na região como faz actualmente, mas também a reabilitação em Santuário na natureza dos 28 golfinhos e outros animais marinhos que têm em sua posse, bem como de outros que viessem a ser encaminhados de empresas semelhantes a nível europeu. Para o PAN, os espectáculos circenses com animais podem ser substituídos por outro tipo de exibições, que podem incluir realidade virtual 5D, hologramas, robótica, entre inúmeras outras possibilidades, mas mantendo parte do espaço dedicado a um parque de diversão, assim como o futuro hotel.

Há um longo caminho a percorrer e o PAN Algarve pretende estar do lado das soluções, trabalhando conjuntamente com o Zoomarine na busca de compromissos sustentáveis, tanto economicamente como ambientalmente, e no respeito para com todos os animais.

Solicitámos já, um encontro com a direcção do espaço para conversarmos sobre possíveis alternativas para um futuro que não envolva exploração circense de animais selvagens sencientes.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos