(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Município de VRSA lança projeto «Cuidar de quem Cuidou» para promover o envelhecimento ativo e saudável

Município de VRSA lança projeto «Cuidar de quem Cuidou»  para promover o envelhecimento ativo e saudável

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António acaba de lançar o programa «Cuidar de quem Cuidou», iniciativa que visa promover o envelhecimento ativo e saudável da população idosa do concelho.

Com objetivos específicos bem definidos e direcionados para a área da saúde, a medida procura identificar, acompanhar e apoiar a população idosa de Vila Real Santo António em todo o seu processo de envelhecimento.

O público-alvo são os munícipes com 75 anos ou mais, residentes no concelho de Vila Real de Santo António, bem como as pessoas com 65 anos ou mais que se enquadrem em determinados critérios de vulnerabilidade (doenças crónicas, diminuição funcional ou situação de isolamento).

O projeto está alinhado com a Estratégia Nacional para o Envelhecimento Ativo e Saudável (2017-2025) e tem como metas aumentar a qualidade de vida, atenuar os efeitos do isolamento social entre os idosos, promover a avaliação geriátrica e a saúde mental, garantir a gestão do regime terapêutico adequado, criar estratégias para reduzir o risco de quedas no domicílio, entre outras valências.

«O Cuidar de quem Cuidou é, acima de tudo, um projeto de proximidade que quer identificar, com precisão, as necessidades da nossa população idosa, permitindo dar resposta às efetivas necessidades e proporcionar melhor qualidade de vida», afirma o presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Álvaro Araújo.

A operacionalização inclui a realização de visitas domiciliárias por uma equipa multidisciplinar, denominada Equipa Municipal de Intervenção em Saúde (EMIS), constituída por assistentes técnicos, assistentes operacionais, técnicos superiores e psicólogos.

O «Cuidar de quem Cuidou» será iniciado em fase de projeto-piloto na freguesia de Vila Nova de Cacela, durante seis meses, com o propósito de conhecer o perfil de saúde do idoso do concelho, adequando as intervenções conforme as necessidades identificadas. No final deste período, os resultados serão avaliados e utilizados para reformular ou propor indicadores de monitorização e acompanhamento do projeto.

Toda a intervenção será articulada, em rede, com diferentes entidades, como a Divisão de Saúde e Intervenção Social do município de VRSA, a Unidade Local de Saúde do Algarve, a Saúde Pública, PSP e GNR, de forma a garantir uma resposta mais abrangente e eficaz às necessidades da pessoa idosa do concelho.

Em paralelo, o município de VRSA está a trabalhar na implementação de um projeto destinado a regulamentar o transporte de munícipes no âmbito da saúde.

A medida visa atender às necessidades dos doentes, garantindo que recebam cuidados médicos adequados, dentro do quadro legal estabelecido, e reflete o compromisso da autarquia em proporcionar uma assistência abrangente aos cidadãos.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos