(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Município de Loulé sensibiliza para a problemática da seca com ação de proximidade em Quarteira

Município de Loulé sensibiliza para a problemática da seca com ação de proximidade em Quarteira

A Câmara Municipal de Loulé promoveu na passada semana, no parque de estacionamento do Passeio das Dunas, em Quarteira, a entrega de para-sóis integrada na campanha de sensibilização para a problemática da seca e da escassez de água A Crise da Água não Será no Futuro nem num Lugar Distante”.

Esta iniciativa estendeu-se a outras localizações em Quarteira e Loulé onde a população – tanto residentes como os muitos turistas que se encontram no concelho - se mostrou muito recetiva à mensagem e problemática associada.

Numa altura em que já 48% do País se encontra em situação de seca severa ou extrema, a Câmara Municipal de Loulé tem vindo a implementar diferentes ações para mitigar os efeitos da escassez hídrica no seu território, de acordo com as medidas anunciadas pelo Governo, e da ativação do seu Plano Municipal de Contingência para Períodos de Seca.

A ideia central que se pretende comunicar é a de que a circunstância de termos de aprender a viver com menos água não é algo que possa ficar para depois, com que só outros pontos do Globo e apenas as gerações vindouras se terão de preocupar. É agora e aqui, em Loulé.

Os objetivos desta campanha passam por sensibilizar a população do município, os seus agentes económicos e os muitos que nos visitam nesta altura do ano para as dificuldades que o período de seca que atravessamos coloca às entidades responsáveis por assegurar o fornecimento de água. Por outro lado, pretende-se informar com dados concretos, pela quantificação daquilo que alguns dos nossos comportamentos quotidianos representam em termos de consumo de água e comunicar algumas das medidas já adotadas pelo Município de Loulé para fazer face a esta realidade e se adaptar para uma maior resiliência.

Esta campanha desenvolver-se-á por todo o território municipal, sob a forma de conteúdos em outdoors e mobiliário urbano, nos transportes públicos de passageiros e nas viaturas que compõem a frota municipal, nos pontos de acesso e nas instalações sanitárias dos equipamentos desportivos municipais. Mas também sob a forma de conteúdos audiovisuais publicados regularmente nas plataformas digitais em que o Município de Loulé tem presença e na rede de terminais Multibanco da SIBS.

A comunicação far-se-á também naqueles locais onde, tipicamente, os consumos de água são maiores ou mais aparentes, casos de espaços relvados e de fontes ornamentais, ou naqueles onde é feita a disponibilização de água à população, como é o caso da rede de fontanários existente um pouco por todo o interior do município.

Estão ainda previstas outras ações semelhantes a esta entrega de para-sóis e dirigidas a públicos segmentados, tais como a distribuição de redutores de caudal para aplicação em torneiras domésticas ou a de ‘bengalas’ para colocação nas portas de quartos de equipamentos hoteleiros associados a esta iniciativa.

“Loulé está em seca. Feche a torneira. Cada gota conta”, é o apelo da Autarquia.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos