(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Município de Faro homenageia arquiteto Manuel Gomes da Costa com toponímia de rua

Município de Faro homenageia arquiteto Manuel Gomes da Costa com toponímia de rua

Artéria da cidade ganhará nova centralidade com a conclusão da obra da nova Avenida Aníbal Guerreiro, que integra tal como a Avenida 25 de abril, o projeto da 3ª Circular

Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 10 de novembro, a toponímia da nova Rua Arquiteto Gomes da Costa, situada junto à entrada da cidade de Faro, na interceção entre a Estrada Nacional 2 e a Avenida 25 de abril.

A nova toponímia desta rua, que ganhará muito em breve uma nova centralidade com a conclusão da obra de construção da Avenida Aníbal Guerreiro (que integra, tal como a Avenida 25 de Abril, o projeto rodoviário da 3ª Circular), permite assim homenagear um dos mais importantes e influentes arquitetos da sua geração em Portugal, e em particular na região do Algarve e em Faro.

Nascido em 1921 em Vila Real de Santo António, Manuel Gomes da Costa entrou no curso de Arquitetura da Escola de Belas Artes de Lisboa aos 20 anos, mas ainda antes de acabar o primeiro ano, acabou por se mudar mudado para o Porto, onde foi aluno de Carlos Ramos e teve entre os seus colegas o arquiteto Fernando Távora.

Foi no ano de 1953 que o arquiteto Manuel Gomes da Costa chegou ao Algarve, tendo desde logo desenvolvido uma Arquitetura que rompeu com os padrões de então, influenciando profundamente muitos dos profissionais - arquitetos, engenheiros e outros – que trabalhavam na região, bem como a formação de novas gerações de arquitetos. Ao longo de mais de cinco décadas, entre 1950 e 2002, Manuel Gomes da Costa projetou cerca de 400 edifícios na região do Algarve, sobretudo no Sotavento algarvio – especialmente em Vila Real de Santo António, Tavira, Olhão e Faro.

A paisagem urbana da cidade de Faro, em particular, viu a sua imagem profundamente marcada pela arquitetura de Manuel Gomes da Costa, a partir da segunda metade do século XX, sendo que grande parte das suas obras mantém ainda atualidade, apresentando-se aos nossos olhos com a mesma “frescura” e beleza.

Ao longo dos últimos anos, o Município de Faro tem vindo a reconhecer o trabalho desenvolvido pelo Arquiteto Gomes da Costa, através do apoio e promoção de diversas iniciativas, como a exposição “Moderno ao Sul”; a recriação de casas modernistas de Faro para o ambiente do jogo Minecraft pelos alunos das escolas do concelho, através do projeto MI.MOMO.FARO – Minecraft e Arquitetura Modernista em Faro ou a classificação de interesse municipal do “Eixo de Ligação entre o Mercado e a Escola Secundária João de Deus”, que define regras restritas de intervenção em edifícios modernos.

Agora, através da atribuição desta nova toponímia, o Município de Faro presta também nova homenagem ao Arquiteto Gomes da Costa, uma das suas mais distintas e ilustres personalidades, cuja legado é ainda hoje patente um pouco por toda a cidade e concelho.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos