(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Lagos e o mês de Júlio Dantas

Lagos e o mês de Júlio Dantas

Júlio Dantas faleceu há sessenta anos, no dia 25 de Maio, é o patrono de uma das Escolas Secundárias da cidade e, ainda em vida, o município atribuiu o seu nome à rua onde ficava a casa em que nasceu, a 19 de Maio de 1876, e onde, mais tarde, foi construída a Biblioteca Municipal de Lagos, inaugurada em 1992.

Numa praceta muito perto da escola com o seu nome e frente ao Mercado de Santo Amaro, encontra-se o busto da autoria de Tolentino de Lagos, que homenageia este homem de cultura e autor de extensa obra literária, que inclui “A Ceia dos Cardeais”, a peça de teatro mais representada em Portugal e “A Severa”, o romance que inspirou o primeiro filme sonoro português.

Lagos, prestes a comemorar a chegada do comboio, um século atrás, e estes quatrocentos e cinquenta anos como cidade, recordará tudo isso e contará, aos seus jovens, a vida e obra de Júlio Dantas e de tantos outros lacobrigenses com destaque na sua história.

Legenda da Imagem:

1. Júlio Dantas e Tolentino.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos