(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2021 - Reduzir o Desperdício

CDU presta contas do mandato 2017/2021 na Assembleia Municipal de Lagos

CDU presta contas do mandato 2017/2021 na Assembleia Municipal de Lagos

No cumprimento do compromisso assumido perante a população lacobrigense, a Coligação Democrática Unitária (CDU) presta contas do trabalho na Assembleia Municipal de Lagos no que se refere ao mandato 2017/2021.

Em missiva enviada ao nosso jornal, a coligação comprova que apresentou, à data, um total de 81 propostas, 90 requerimentos, 13 saudações, 5 votos de pesar e dezenas de declarações e intervenções sobre variados assuntos, nomeadamente saudações no âmbito da Constituição da República; 25 de Abril; 1.º de Maio; Nobel a Saramago; Dia da Mulher; 40 anos do SNS, entre outras propostas, tais como o não encerramento dos CTT, petição para o novo hospital de Lagos, defesa da Arte Xávega, legalização e reabilitação do Bairro dos "Índios da Meia Praia", etc.

Do total de 99 documentos apresentados pela CDU na Assembleia Municipal, foram aprovados 78. As outras forças políticas, no seu conjunto, apresentaram um total de 58 documentos. No que diz respeito a requerimentos, foram apresentados 90 acerca dos mais variados problemas do concelho, enquanto que as restantes forças partidárias, juntas, apresentaram apenas 14.

A Assembleia Municipal de Lagos, órgão a quem compete acompanhar e fiscalizar a actividade da Câmara, é composta por 25 membros, dos quais apenas dois são eleitos da CDU, José Manuel Freire e Alexandre Nunes, agora candidato à Câmara Municipal.

Segundo a coligação, a actividade dos eleitos da CDU corporiza «uma forma de estar na politica e um conjunto de acções, orientações e prioridades» que a tornam «uma força distintiva e indispensável nas autarquias do concelho, com provas dadas de trabalho ao serviço da população».

  • PARTILHAR   

Outros Artigos