(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Bloco exige a modernização da linha do Algarve

Bloco exige a modernização da linha do Algarve

O Bloco de Esquerda promoveu uma ação de sensibilização para a importância da ferrovia para a região do Algarve e a emergência da modernização da linha do Algarve. 

José Gusmão e outros activistas contactaram com utilizadores da linha em direção e a partir de Faro.

O candidato José Gusmão recordou que o investimento na linha do Algarve está parado há quase duas décadas desde a electrificação do troço entre Tunes e Faro em 2004. Continuam por modernizar os troços entre Faro e Vila Real de Santo António e entre Tunes e Lagos.

O Bloco afirma que os sucessivos governos PS/PSD foram prometendo e adiando sucessivamente este investimento absolutamente decisivo para o Algarve.

José Gusmão afirmou que o transporte ferroviário é, ou deveria ser, o centro de um sistema de transportes, assegurando a mobilidade das populações e a circulação de mercadorias e bens. Além disso, a
ferrovia é o transporte do futuro porque permite compatibilizar uma mobilidade eficiente com a transição energética e o combate às alterações climáticas.

O Bloco de Esquerda assumiu o compromisso de defender a modernização da linha do Algarve no proximo mandato, com vários objectivos fundamentais:

- a urgente electrificação da Linha do Algarve nos troços Lagos-Tunes e Faro-Vila Real de Santo António.

- a articulação de todas as estações da linha com transportes coletivos para as localidades circundantes.

- a inclusão de uma ligação ferroviária directa ao Aeroporto de Faro com possibilidade de ligação à Universidade do Algarve.

- o início dos contactos necessários com o Governo Espanhol com vista à criação de uma ligação entre o Algarve e a Andaluzia.

- o escrupuloso cumprimento de todas as normas de acessibilidade parapessoas com deficiência.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos