(Z1) 2022 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Avança nova etapa na requalificação da Ponta da Piedade em Lagos

Avança nova etapa na requalificação da Ponta da Piedade em Lagos

Foram aprovados, na última reunião de Câmara, o projecto e a abertura de concurso para a execução de uma nova empreitada no âmbito da requalificação e valorização do troço de costa entre o Farol da Ponta da Piedade e a Praia do Pinhão.

A obra está integrada numa candidatura aprovada pelo CRESC Algarve 2020, sendo cofinanciada pelo FEDER.

O município de Lagos vai avançar com uma nova empreitada para dar continuidade ao processo de requalificação e valorização da Ponta da Piedade. Prevista no anteprojeto global, esta segunda componente de intervenção prevê o reordenamento da rede viária e das zonas de estacionamento, o tratamento paisagístico de espaços, iluminação pública e a continuação dos passadiços com miradouros a montante e a jusante do troço atualmente em execução, ou seja, entre a Praia D. Ana e a Praia do Pinhão, assim como na área envolvente ao Farol da Ponta da Piedade. No âmbito desta empreitada serão igualmente requalificadas a escadaria de acesso à zona de embarque para os passeios turísticos às grutas da Ponta da Piedade e o acesso ao areal do Pinhão, neste último caso com a instalação de escadaria de madeira.

No que respeita à circulação automóvel e estacionamento, o projecto prevê que o acesso à parte final da Estrada da Ponta da Piedade seja permitido apenas para serviço do Farol, abastecimento e situações de emergência, criando, em alternativa, dois novos parques de estacionamento localizados mais atrás e suprimindo as bolsas atualmente em utilização. O primeiro parque, com uma capacidade para 56 veículos ligeiros, ficará situado na lateral esquerda do cruzamento para a Praia do Camilo, transformando o actual acesso ao Camilo numa via de acesso viário condicionado que terminará num novo miradouro. O segundo parque, que irá nascer uns quantos metros à frente, na lateral direita, a seguir ao actual cruzamento, terá capacidade para 150 veículos ligeiros e 10 autocarros de turismo. A estrada propriamente dita terá um novo perfil, com duas faixas de rodagem, ciclovia e um passeio lateral para peões, que, em alguns troços, serão partilhados.

Estas informações foram disponibilizadas num primeiro momento aos órgãos políticos do município e, num segundo momento, em sessão pública de apresentação do projecto realizada no passado dia 9 de Julho.

A requalificação e renaturalização desta área tão emblemática, mas sensível, do território concelhio, foi pensada em termos globais de acordo com um anteprojecto que mereceu aprovação das entidades competentes, mas, atendendo à complexidade do processo, que envolveu um mecanismo legal e administrativo de reconhecimento de interesse público e a aquisição de terrenos por parte do município, foi necessário fasear a elaboração dos projectos de execução e a própria intervenção física. Preservar a singularidade ambiental, natural e paisagística global desta parcela do território, implementando um conjunto de soluções que dê igualmente resposta às questões de segurança e conforto dos utilizadores é o grande objectivo desta intervenção municipal.

Vale a pena recordar que a 1.ª fase da Requalificação da Ponta da Piedade, desenvolvida no troço de costa entre o Canavial e o Farol da Ponta da Piedade, foi concluída em 2018, registando, desde então, significativa procura e utilização por parte de residentes e visitantes. A 2.ª fase, compreendida entre o Farol da Ponta da Piedade e a Praia do Pinhão, desdobra-se em três componentes, estando actualmente em execução a empreitada da componente 1, correspondente à construção dos passadiços que, embora já visíveis no local e parcialmente executados, ainda não se encontram concluídos. Para além dos trabalhos integrados na componente 2, cujo projecto e abertura de concurso de empreitada foram agora aprovados, a Requalificação da Ponta da Piedade engloba uma 3.ª e última componente que corresponde à redefinição da área de actividades económicas atualmente situada junto ao Farol, prevendo-se a sua concentração num único ponto, juntamente com instalações sanitárias e outros serviços de apoio. Está, ainda, prevista a execução/instalação de um elemento de homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen, o qual será desenvolvido em processo autónomo.

.

Informação complementar:

Ficha de projecto

Requalificação e valorização da Ponta da Piedade

Objectivo geral:

Qualificação dos percursos de circulação e as áreas de contemplação e observação paisagística, promovendo a segurança, orientação e conforto dos utilizadores.

.

Objectivos, actividades e resultados esperados:

Os objectivos a alcançar com a intervenção de requalificação da Ponta da Piedade são o de valorizar este espaço natural de beleza impar na costa de Lagos, de forma a conservá-lo e alavancar o seu potencial turístico. Pretende-se dotar este espaço de caminhos e percursos pedonais e cicláveis com áreas de contemplação e observação da paisagem, permitindo reduzir o pisoteio indiscriminado que ocorre actualmente, que contribui para a degradação do espaço e o ravinamento da área, aumentando a segurança, a orientação e conforto dos inúmeros turistas e utilizadores deste território natural.

.

Candidatura aprovada e contractualizado no âmbito do CRESC Algarve 2020 (ALG-04-2114-FEDER-000022)

Custo elegível: 2 765 925,49 €

Taxa de cofinanciamento: 60%

Apoio financeiro da União Europeia (FEDER): 1 659 555,29 €

  • PARTILHAR   

Outros Artigos