(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Marchas Populares

Autarca exige reforço de meios de emergência médica em Albufeira

Autarca exige reforço de meios de emergência médica em Albufeira

“É urgente o reforço de ambulâncias no concelho de Albufeira, bem como de pessoal especializado, para dar resposta às necessidades crescentes, quer por parte da população residente, quer por parte da população flutuante.

Não tarda temos mais um verão, onde o número de visitantes cresce exponencialmente. Por outro lado, as Jornadas Mundiais da Juventude não serão um fenómeno de turismo apenas em Lisboa, mas em todo o país e é de esperar que tal acontecimento venha a resultar num acréscimo ainda mais significativo de pessoas no nosso concelho. Vir a Portugal em pleno verão e não visitar o Algarve, é, para muitos, o mesmo que ir às Jornadas Mundiais da Juventude e não ver o Papa”, refere o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, que de ano para ano tem vindo a solicitar aos poder central mais e melhores meios de emergência médica.

José Carlos Rolo deslocou-se recentemente à Secretaria de Estado da Promoção da Saúde, no sentido de expor a Margarida Tavares as suas grandes preocupações nesta matéria e exigir medidas. “É uma exigência legítima. Da nossa parte, estamos abertos a colaborar com o Governo, pois na realidade, o que que tem sido feito nesta área não é o suficiente. Não se pode fazer operações de maquilhagem nesta matéria. Em causa está a vida humana e, consequentemente, a imagem de um país e de uma região que se sustenta a partir de uma ideia de boa hospitalidade e de segurança também na Saúde”. José Carlos Rolo, a par das preocupações quanto aos números de ambulâncias, respetivos equipamentos e recursos humanos, acrescenta “o tempo de entrega dos doentes nos hospitais. Com um grande lamento ouvimos recorrentemente na Comunicação Social casos de que, literalmente, pessoas perdem a vida pelo caminho, devido à elevada demora no socorro.”

Após a reunião em Lisboa, José Carlos Rolo recebeu na passada semana, nos Paços do Concelho, a visita da secretária de Estado da Promoção da Saúde, que se fez acompanhar de Luís Meira, presidente do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica e por Paulo Morgado, presidente do conselho diretivo da ARS – Algarve.

O autarca mostrou-se agradado pelo empenho da secretária de Estado da Promoção da Saúde, quer pelo modo como acatou as suas preocupações, quer no facto de se ter deslocado a Albufeira juntamente com outros responsáveis da sua tutela.

Este passo “é mais um e o diálogo vai continuar, pois é um assunto que faz parte das minhas preocupações diárias. Olhar os problemas de frente e não termos a possibilidade de dar resposta, é muito frustrante. Acima de tudo, porque está, acima de qualquer interesse económico, a vida humana”, afirma José Carlos Rolo.

O presidente da Câmara Municipal diz-se expectante quanto aos referidos governantes tudo poderem fazer para solucionar os problemas que neste momento assolam o Executivo de Albufeira, “e o quanto antes. A esperança é a última a morrer, dizem, mas não se pode deixar que alguém morra antes dela. Há que tomar efetivamente medidas”.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos