(Z1) 2024 - CM de Vila do Bispo - Festival do Perceve
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Associação local tenta impedir construção em reserva ecológica em Lagos

Associação local tenta impedir construção em reserva ecológica em Lagos

A Associação Miradouro da Luz lançou uma campanha de angariação de fundos para impedir a construção de moradias em terrenos pertencentes a uma reserva ecológica, na zona Costeira da Ponta da Gaivota, Praia da Luz, em Lagos.

Os promotores da iniciativa explicam que se trata de um loteamento com 29 moradias, previsto para a zona “entre a Reserva da Luz e o Porto Dona Maria, junto à falésia”, cujo alvará remonta a 1974, projectos esses que “já nada têm a ver com as necessidades e técnicas de urbanização actuais.”

Acreditamos que o loteamento é ilegal. Não cumpre as leis de planeamento em vigor, não cumpre os requisitos do Plano Municipal de Lagos e destruirá o ambiente natural da Luz”, afirmam na página do seu GoFundMe, através do qual contam angariar cerca de 5 mil euros “para encomendar relatórios de especialistas para instrucção do tribunal judicial e para divulgar esta campanha para que possamos ter certeza de que a comunidade em geral está ciente do risco de destruição do meio ambiente.

Pedimos à comunidade e a todos os visitantes e pessoas que se preocupam com o desenvolvimento sustentável da Luz que nos ajudem a combater este caso. Precisamos urgentemente de fundos para cobrir as despesas legais para demonstrar à Câmara Municipal de Lagos a ilegalidade deste loteamento e levar o caso a tribunal, se necessário.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos