(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Artur Teixeira Gomes eleito Presidente da JSD/Algarve

Artur Teixeira Gomes eleito Presidente da JSD/Algarve

Artur Teixeira Gomes, militante da concelhia de Tavira, foi eleito por unanimidade Presidente da Comissão Política Distrital, no VIº Congresso Distrital da JSD/Algarve, que decorreu no fim-de-semana no Auditório Municipal Século XXI em Lagos para o biénio 2023/2025. Para a Mesa do Congresso Distrital, João Silva, de Monchique, foi eleito como seu Presidente.

No primeiro congresso da estrutura após a pandemia, sentiu-se uma forte mobilização onde estiveram presentes todos os Delegados Residenciais e foram ainda apresentadas e aprovadas quatro propostas políticas setoriais para além da Moção de Estratégia Global da candidatura à Comissão Política Distrital. Desta forma, à Moção de Estratégia Global “Agora Nós”, cujo 1º subscritor era Artur Teixeira Gomes, juntam-se agora propostas políticas setoriais de 4 concelhias em áreas como a economia do mar, o combate à abstenção de voto, o futuro dos recursos hídricos no Algarve e a promoção da literacia jurídica. Foram ainda sujeitos a votação, sendo todos aprovados por maioria, os novos militantes honorários da JSD que se despediram neste congresso da estrutura distrital: Bárbara do Amaral Correia, Carolina Purificação e Tiago Mateus.

Ao longo do dia estiveram presentes o Deputado à Assembleia da República e Presidente da JSD, Alexandre Poço e também o Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Hugo Pereira. Já na sessão de encerramento estiveram presentes o Vice-Presidente do PSD, Miguel Pinto Luz, o Secretário-Geral da JSD, João Pedro Louro, o Presidente do PSD/Algarve Cristóvão Norte e ainda representantes da Iniciativa Liberal, do Livre, do Conselho Nacional da Juventude, do IPDJ e vários dirigentes locais e distritais do PSD e da JSD.

No seu discurso de encerramento, Artur Teixeira Gomes focou-se em problemas concretos que afligem a realidade Algarvia como os mais de 5000 alunos sem professor a pelo menos uma disciplina, a falta de visão para o CHUA e a sua concretização ou ainda a falta de compreensão do Partido Socialista para o papel do Estado na Habitação e aquele que é o grave problema de habitação na região. Deixando propostas nessas mesmas áreas como o regresso das “casas dos professores” em todos os Municípios, acesso prioritário a creches e jardins de infância a filhos de professores deslocados, a majoração do tempo de serviço a professores deslocados e a desburocratização da docência para que os Professores possam ter mais tempo para ensinar. Na saúde reforçou a urgente necessidade da construção do novo hospital central com um projeto atualizado, adaptado às novas tecnologias e a receber estudantes e internos, em converter o atual hospital numa Faculdade de Ciências da Saúde e numa grande unidade de cuidados continuados, no alargamento do Cigic às consultas e ainda o aumento de efetivo de proteção civil no Barrocal Algarvio. Na habitação propôs ao Governo que faça um cadastro nacional do património imobiliário do Estado, que coloque verbas na sua requalificação e também na construção de habitação pública, promova e desenvolva em conjunto com os municípios novas cooperativas de habitação mas que também desburocratize e simplifique os processos para quem quer investir e construir nova habitação no Algarve e no País.

Artur Teixeira Gomes deixou bem claro que “Os Jovens Algarvios têm o direito de poder concretizar os seus sonhos na terra que os viu nascer” e para isso reuniu uma equipa do Barlavento ao Sotavento, do Litoral ao Barrocal para que nos próximos 2 anos se foquem em tornar esse mote realidade.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos