(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Ana Passos é candidata a presidente das Mulheres Socialistas do Algarve

Ana Passos é candidata a presidente das Mulheres Socialistas do Algarve

A ex-deputada socialista pelo Algarve, Ana Passos, é candidata à liderança das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos (MS-ID) do Algarve, cuja eleição decorrerá no dia 5 de Novembro. A acompanhá-la nesta candidatura está uma equipa multidisciplinar de mulheres socialistas de todo o Algarve.

“Muito há a fazer para que a plena igualdade entre homens e mulheres passe a ser uma realidade na nossa região, e no nosso país, constituindo-se como uma condição inerente à existência humana e é a esse propósito que dedicarei todo o próximo mandato das Mulheres Socialistas do Algarve”, refere a candidata, que se apresenta ao próximo acto eleitoral com a moção “Afirmar a Igualdade”.

Tendo como mandatária Margarida Flores, Directora-Regional da Segurança Social do Algarve, a candidatura de Ana Passos envolve mulheres de toda a região algarvia e conta com os apoios das Presidentes da Câmara Municipal de Tavira, Ana Paula Martins, da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Rute Silva, e da Presidente da Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António, Célia Paz.

O próximo mandato (2 anos) pautar-se-á por um programa político assente num conjunto de propostas de consenso com o contexto socioeconómico regional e o cenário de governação actuais, as quais preconizam colocar o Algarve e o País na linha da frente em matéria da luta pela igualdade.

Trabalhar para a plena conquista da igualdade de direitos, participando de forma empenhada na construção de condições que garantam uma sociedade sem preconceitos, é uma das metas definidas no âmbito da moção de candidatura, que aponta ainda como grandes objectivos, o reforço da ligação entre o Partido Socialista e a Sociedade Civil, visando a aplicação de programas e acções em articulação com instituições, associações e movimentos sociais.

Favorecer a participação das mulheres na vida política da nossa região, através da sua presença nas escolhas e decisões do bem comum, e apoiar a continuidade de programas de formação e capacitação das mulheres nas áreas de participação política, criando condições à escala regional para facilitar a sua integração nos órgãos de decisão pública, constituem também propostas de Ana Passos que, no próximo mandato, pretende continuar a reforçar o papel das MS-ID e o seu reconhecimento a nível distrital e a nível dos órgãos nacionais do Partido Socialista.

A candidata garante que as MS-ID vão assumir-se como um órgão interveniente do Partido Socialista na conquista da plena igualdade de oportunidades, valorizando a diversidade e promovendo a união de forças e a participação activa de homens e mulheres, numa sociedade mais inclusiva, mais progressista e de bem-estar social.

Para Ana Passos “só podemos ter mais justiça social e melhores condições de vida na região se houver uma agenda robusta de políticas para a igualdade de género” apelando ao voto das militantes socialistas no sábado, dia 05 de Novembro.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos