(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Marchas Populares

Aljezur e Vila do Bispo acolheram Campeonatos Nacionais de Competência de Tiro aos Pratos e de Santo Huberto

Aljezur e Vila do Bispo acolheram Campeonatos Nacionais de Competência de Tiro aos Pratos e de Santo Huberto

Algarve conquistou troféu por equipas

Os Campeonatos Nacionais de Competência de Tiro aos Pratos e de Santo Huberto voltaram a realizar-se em Aljezur e Vila do Bispo, algo que já tinha acontecido em 2018.

As competições decorreram nos dias 15, 16 e 17 de setembro, juntando atletas de todo o país, incluindo regiões autónomas. A organização esteve a cargo da Confederação Nacional dos Caçadores Portugueses e da Federação dos Caçadores do Algarve, com o apoio da Câmara Municipal de Aljezur, Câmara Municipal de Vila do Bispo, Junta de Freguesia de Sagres, Região de Turismo do Algarve, Clube de Caça e Pesca de Aljezur e Clube de Caça e Pesca de Vila do Bispo.

Antes do início das competições propriamente ditas, destaque para a receção aos participantes e convidados que incluiu o jantar oficial da prova, que decorreu no Clube de Caça e Pesca de Aljezur, ainda no dia 15 de setembro. O evento de lançamento dos Campeonatos contou com a presença de José Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Aljezur que, em mensagem dirigida aos participantes e à margem da competição, recordou que "ao longo da última década, as Terras do Infante e a Associação dos Municípios de Aljezur, Lagos e Vila do Bispo têm celebrado inúmeros protocolos de colaboração com os clubes e associações de caçadores, sediados neste território, para a realização de faixas e mosaicos de gestão de combustível na prossecução da atividade de proteção civil, na proteção de pessoas e bens e na perspetiva da atividade cinegética sustentável, em perfeita harmonia com o ambiente".

Quanto à competição, a Prova de Competência de Tiro aos Pratos teve lugar nos dias 16 e 17 de setembro, no Campo de Tiro da Feiterinha, Aljezur, e trouxe boas notícias para a região, com a equipa da Federação de Caçadores do Algarve a atingir o primeiro lugar. Federação de Caça e Pesca da Beira Interior e Federação Alentejana de Caçadores, conquistaram respetivamente, segundo e terceiro lugares. Na classificação individual, Luís Pintão, da Federação de Caça e Pesca da Beira Interior, acabou por levar de vencida, seguido de Carlos Pais, da mesma Federação, e de José Silva, representado a Federação Alentejana de Caçadores.

A Prova de Santo Huberto decorreu também nos dias 16 e 17 de setembro, na Zona de Caça Municipal de Vila do Bispo, com o lugar cimeiro da classificação por equipas a ser alcançado pela Federação de Zona de Caças do Oeste — OESTECAÇA. No segundo lugar, ficou a Federação da Região de Caçadores da 1.ª Região Cinegética, tendo a terceira posição sido alcançada pela Federação Alentejana de Caçadores. A nível individual, o primeiro lugar foi conquistado por Jorge Silva, da Federação de Caça e Pesca da Beira Interior, seguido de João Gil e de Carlos Guilherme, ambos representando a Federação de Zona de Caças do Oeste — OESTECAÇA.

A cerimónia de encerramento e de entrega de prémios decorreu no dia 17 de setembro, no Pavilhão Multiusos de Sagres, com a presença da presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Rute Silva, do diretor da Direção Regional da Conservação da Natureza e das Florestas, Joaquim Castelão Rodrigues, assim como de dirigentes de todas as Federações participantes. A autarca de Vila do Bispo defendeu que as "dimensões lúdica, desportiva e turística da Caça são hoje significativos ativos numa subsidiária economia local e regional, sobretudo em territórios do interior ou periféricos e de particular propensão natural, como é o caso de Vila do Bispo".

No final dos Campeonatos, o presidente da Confederação Nacional dos Caçadores Portugueses, Vítor Palmilha, fez um balanço "muito positivo de mais esta iniciativa que se revela fundamental para dinamizar o setor, promovendo esta parte do território nacional e demonstrando que a região algarvia tem condições de excelência para a realização deste tipo de provas”. O dirigente sublinha ainda que “este tipo de iniciativas só é possível de serem concretizadas no Algarve com o apoio dos municípios que nos acolhem e que veem nelas uma mais-valia.”

Participaram nestes Campeonatos, as seguintes Federações: Federação de Caçadores do Algarve, Federação Alentejana de Caçadores, Federação de Caça e Pesca da Beira Interior, Federação de Caça e Pesca da Beira Litoral, Federcaça - Federação de Caçadores do Centro, Federação de Zona de Caças do Oeste — OESTECAÇA, Federação da Região de Caçadores da 1.ª Região Cinegética, além das equipas representantes da Região Autónoma da Madeira e da Região Autónoma dos Açores.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos