(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Algarve recebe comunidade SIRESP para cinco dias de capacitação

Algarve recebe comunidade SIRESP para cinco dias de capacitação

Iniciativa está inserida na terceira edição do SIRESP Bootcamp que, de 20 a 24 de novembro, reúne a comunidade de utilizadores desta rede. 

“É com muito gosto que realizamos esta terceira edição do SIRESP Bootcamp”, começou por partilhar o presidente da SIRESP, o General Paulo Viegas Nunes, na abertura dos trabalhos do seminário integrado nesta iniciativa da Siresp, SA. Destacando a atual “emergência de ameaças transversais e de natureza híbrida”, Paulo Viegas Nunes realçou a importância de “estimular a colaboração enquanto fator fundamental para consolidar a inovação” e a ligação à indústria.

Ao longo da próxima década, acrescentou, será dado um “salto tecnológico”, no âmbito de um processo em que a rede SIRESP é vista como “um ecossistema vivo que responde às necessidades dos seus utilizadores”. “A Siresp SA assenta a sua visão estratégica em três eixos: pessoas, processos e tecnologia”, reforçou.

As palavras do General Paulo Viegas Nunes enquadram a abertura oficial da terceira edição do SIRESP Bootcamp. Durante cinco dias, entre 20 e 24 de novembro, a comunidade de utilizadores desta rede está reunida na região do Algarve. A iniciativa visa estabelecer – a nível regional e nacional – a ligação entre a indústria, o meio académico e os atores locais, desenvolvendo competências e discutindo conceitos para posterior aplicação prática e validação operacional.

Tal como nas edições anteriores, o programa destes cinco dias divide-se em quatro fases. Os primeiros dois dias foram dedicados à formação, com a realização de quatro workshops para os utilizadores da rede SIRESP em vários pontos da região do Algarve.

Os dois primeiros dias de trabalhos incluíram ainda uma das principais novidades desta edição: a realização de uma reunião internacional que reúne operadores da rede Dimetra TETRA de todo o mundo, para discussão de questões operacionais e para troca de ideias e experiências. “Esta é uma reunião colaborativa que permite partilhar as lições aprendidas pelas equipas de vários países”, explicou o moderador da sessão de trabalho, Aaron Donnelly, acrescentando que esta é também uma forma de facilitar a atualização tecnológica na área de comunicações de emergência e de consolidar o feedback oferecido pelos operadores.

Depois dos primeiros dois dias dedicados à formação, realiza-se hoje, durante todo o dia, o seminário para análise e discussão dos temas relevantes para o setor das comunicações de emergência. A evolução tecnológica das redes “Missão-Crítica” para LTE/5G, a interoperabilidade das comunicações de emergência no espaço europeu e a partilha de casos de estudo serão alguns dos pontos altos deste evento que foca cinco eixos: Transformação, Interoperabilidade, Resiliência, Capacitação e Modernização.

Os últimos dois dias do SIRESP Bootcamp vão ser dedicados ao teste de ideias e soluções técnicas apresentadas por empresas e à realização de um exercício de validação operacional de conceitos, produtos e serviços.

Ao longo das suas três edições, o SIRESP Bootcamp já envolveu mais de 500 formandos, nas áreas de operação e gestão. “O SIRESP Bootcamp pauta-se por dois fatores essenciais da transformação de qualquer ecossistema, que é o desenvolvimento de competências e a operacionalização de soluções”, destaca o Presidente da Siresp SA, o General Paulo Viegas Nunes, antes de reforçar: “São duas áreas estruturantes do ecossistema SIRESP”.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos