(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

A antiga estação de Lagos da CP é património a defender

A antiga estação de Lagos da CP é património a defender

Comissão Concelhia de Lagos do PCP 

Foi publicado no Diário da República de 28 de Dezembro passado, o Despacho 12541-C/2018 da Secretaria de Estado do Tesouro e das Infraestruturas, determinando, no ponto 1- “que seja desafectada do domínio público ferroviário... o antigo edifício da estação de Lagos da CP ...” e no ponto 2- “que a desafectação mencionada tem como finalidade a respectiva alienação ...".

Ora este edifício é hoje uma das mais importantes referências do património histórico/cultural de Lagos, não só pela sua qualidade arquitectónica, tendo sido considerada, nesses tempos, a melhor estação ferroviária do sul, como pela decisiva participação que a construção do ramal ferroviário de Lagos representou no desenvolvimento e progresso do Concelho.

O surgimento do caminho-de-ferro no mundo, foi o maior avanço civilizacional da época, na mobilidade, na vida e no trabalho das populações, e a sua chegada a Lagos era uma aspiração de dezenas de anos da população.

No País, a primeira linha ferroviária foi inaugurada em 1856, a linha do sul chegou a Faro em 1889, o ramal a Portimão em 1915 e finalmente a Lagos em 1922, com grandes festejos que duraram 3 dias. É assim que este edifício, quási centenário, tem sido, desde sempre, um orgulho e uma referência para a população e um exemplo de excelência no património público.
O edifício da antiga estação de Lagos da CP obriga a todas as medidas para o manter na qualidade de memória colectiva, tanto de residentes como de visitantes.

É neste sentido da preservação e defesa do património público que, em vários mandatos e ocasiões, os eleitos da CDU têm proposto a classificação deste edifício como de interesse concelhio, recebendo sempre a oposição e o voto contra do PS.
Com esta decisão do Governo de desafectar para o direito privado e a alienação do edifício, exige-se que a Câmara Municipal de Lagos exerça o seu direito de preferência a quando da alienação do edifício da antiga estação de Lagos da CP, na defesa, manutenção e valorização do nosso património colectivo.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos