(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Vila Real de Santo António é Município Amigo da Juventude

Vila Real de Santo António é Município Amigo da Juventude

Vila Real de Santo António recebeu a distinção de «Município Amigo da Juventude», no III Encontro de Municípios Amigos da Juventude, promovido pela Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ), com apoio da Câmara Municipal de Pinhel.

Em representação da autarquia de VRSA, o vereador com o pelouro do Desporto e Juventude, Álvaro Leal, recebeu a bandeira, o diploma e a certificação do «Selo de Município Amigo da Juventude», com 4 estrelas, correspondente a 7 dos 9 critérios necessários para a distinção.

A avaliação é feita pela FNAJ e validada por um comité constituído por um representante da FNAJ, um representante do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), um representante da Agência Nacional Erasmus+ Juventude/Desporto, CES, e um representante da Associação Nacional de Assembleias Municipais (ANAM).

O Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, juntou-se a esta iniciativa, que decorreu no Centro Logístico de Pinhel, a 26 de maio, e contou com cerca de 300 participantes, entre presidentes de autarquias, vereadores, técnicos municipais e jovens.

Dos 161 municípios da rede, 35 receberam o diploma com a categoria 3 estrelas, 61 com a categoria 4 estrelas e 15 com a categoria de 5 estrelas, reunindo a totalidade dos critérios necessários.

A Rede Nacional de Municípios Amigos da Juventude, fundada em 2020 pela FNAJ, é uma plataforma de contacto, pioneira na sua conceção e assente em três eixos: estratégias de políticas de juventude, boas práticas municipais e sinergias de políticas locais de juventude. O seu principal objetivo é incentivar a implementação de medidas estruturantes, sustentáveis e articuladas com a estratégia e visão dos jovens.

.

Sobre a FNAJ

A missão da Federação Nacional das Associações Juvenis é a representação do tecido associativo juvenil nos poderes públicos e políticos, de forma a defender os interesses e as necessidades da juventude portuguesa.

A FNAJ funciona como estrutura chapéu para as associações, tendo um papel relevante na criação de oportunidades, no empoderamento juvenil e na promoção do trabalho em rede entre os movimentos associativos.

Atualmente, conta com cerca de 500.000 jovens envolvidos, de norte a sul do país, e 1200 associações filiadas.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos