(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Programa Operacional do Algarve contribuiu com 6 milhões de euros para a qualificação de jovens do sector turístico

Programa Operacional do Algarve contribuiu com 6 milhões de euros para a qualificação de jovens do sector turístico

Ao longo do actual Quadro Financeiro Plurianual, iniciado em 2014, os fundos europeus geridos pelo Programa Operacional do Algarve – CRESC ALGARVE 2020 assumiram um papel determinante na qualificação de jovens profissionais para o sector turístico na região.

Os números são, por si só, expressivos: 38 Cursos de Especialização Tecnológica (CET’s) apoiados, envolvendo quase oito centenas de formandos e mais de 56 mil horas de formação ministradas, que permitiram a qualificação profissional e pós-secundária.

Para além da formação de jovens, foi também aprovada a criação, nas Escolas de Hotelaria e Turismo, de um Laboratório para a produção de recursos didáticos digitais e de um Clube Ciência Viva na Escola, dedicado à Dieta Mediterrânica.

O montante do investimento total foi superior a 5,94 milhões de euros, sendo o financiamento pelo Fundo Social Europeu (FSE) superior 4 milhões de euros, contribuindo para suprir a necessidade de quadros intermédios necessários à melhoria da competitividade das empresas e da economia regional.

Neste contexto, e no sentido de priorizar a formação de jovens da região no Plano de Acção “Reactivar o Turismo – Construir Futuro”, realizou-se ontem um encontro com as principais associações empresariais da Região do Algarve – AHETA, AIHSA, CEAL, NERA, ACRAL e Associação de Desenvolvimento do Barlavento, por forma a preparar o plano de acção na formação profissional no Quadro Financeiro Plurianual 2021 – 2027.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos