(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Ordem dos Nutricionistas debate responsabilidades na alimentação escolar em Portugal no Dia Mundial da Criança a 01 de Junho pelas 09h15

Seminário “Alimentação Escolar: Responsabilidade Partilhada” contará com a participação da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e da Direcção-Geral da Educação
Ordem dos Nutricionistas debate responsabilidades na alimentação escolar em Portugal no Dia Mundial da Criança a 01 de Junho pelas 09h15

A Ordem dos Nutricionistas vai assinalar o Dia Mundial da Criança, a 01 de Junho, com o Seminário “Alimentação Escolar: Responsabilidade Partilhada”, uma iniciativa gratuita e online, que inicia às 09h15, e que contará com um painel de oradores de renome e de representantes de entidades com responsabilidade na alimentação escolar como a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e a Direcção-Geral da Educação, entre outras.

A primeira mesa de debate vai centrar-se no tema “Alimentação escolar: intervenção partilhada” e terá como intervenientes nutricionistas de entidades intervenientes na alimentação escolar, como autarquias, educação, empresas de restauração colectiva e cuidados de saúde primários.

Durante o seminário, o Observatório da Profissão da Ordem dos Nutricionistas vai apresentar os resultados do estudo “Integração dos Nutricionistas nas Autarquias”, locais onde se pretende reforçar o papel da classe, uma vez que, em Portugal, no âmbito da descentralização de poderes para as autarquias, o nutricionista nestas instituições terá uma intervenção alargada a toda a população, mas particularmente no domínio da educação, através do fornecimento de refeições nos refeitórios escolares, nos vários níveis de ensino obrigatório, que passam a ser geridos pelos municípios.

Por fim e em cima da mesa estará a “Alimentação Escolar: que desafios?”, um debate que contará com instituições de relevo na tomada de decisão no que diz respeito à alimentação nos estabelecimentos de ensino, desde a Direcção-Geral da Educação; a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares; a Direcção-Geral da Saúde; a Associação dos Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo; e a Confederação Nacional das Associações de Pais.

Recorde-se que, em Janeiro deste ano, abriu um concurso para a integração de nutricionistas no Ministério da Educação, medida que foi aprovada no Orçamento do Estado para 2020, após anos de luta por parte da Ordem dos Nutricionistas. A criação da figura do nutricionista escolar, enquanto responsável pela implementação e aplicação de uma política alimentar escolar estruturada e sustentável, já tinha sido recomendada ao Governo em Resolução da Assembleia da República em 2012.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos