(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Marchas Populares

Qualifying do The Campus Open sem vencedores portugueses

Qualifying do The Campus Open sem vencedores portugueses

Gonçalo Falcão não resistiu a jornada dupla

Quadros principais arrancam na quinta-feira

O português Gonçalo Falcão foi eliminado, esta quarta-feira, na última ronda do qualifying do The Campus Open, torneio internacional de 25.000 dólares que acontece entre os dias 5 e 12 de março com os apoios do Resort da Quinta do Lago e da Federação Portuguesa de Ténis. Depois de vários atrasos por causa da chuva, os quadros principais arrancam na quinta-feira.

Um dia após ter entrado com o pé direito na prova, Gonçalo Falcão (atual campeão mundial de veteranos +30 anos em singulares, pares masculinos e pares mistos) voltou a vencer logo pela manhã: com os parciais de 6-2, 1-6 e 10-1 contra o brasileiro Pedro André de Almeida Santos, o português de 35 anos garantiu um lugar na ronda de acesso ao quadro principal.

Mas a jornada dupla colocou um ponto final nas suas aspirações, dado que já na parte final do dia cedeu por 6-1 e 6-3 para o alemão Leopold Zima (890.º), 13 anos mais novo.

Gonçalo Falcão foi o único tenista português a chegar à terceira ronda do qualifying, mas não o único tenista "da casa" a vencer nesta quarta-feira: de manhã, Luís Miguel Saraiva superou o espanhol Carlos Moreno Garcia Mondelo por 5-7, 7-6(3) e 10-4 num encontro atrasado da primeira ronda antes de "cair" na segunda, já à tarde, por 6-0 e 6-4 para Niels Visker (1295.º ATP), dos Países Baixos.

Ainda na primeira ronda, Duarte Correia sofreu uma reviravolta e perdeu pelos parciais de 4-6, 6-3 e 10-8 para o norte-americano Constantinos Papavasiliou.

Já em duelos da segunda eliminatória, ficaram pelo caminho André Stewart (6-4 e 6-2 para Maurus Malgiaritta) e Duarte Trocado (6-2 e 6-2 favoráveis a Michael Zhu), tenistas do The Campus, e ainda Manuel Guise Pinheiro (6-3 e 6-1 para Diego Fernandez Flores), Afonso Portugal (perdeu por 6-3 e 7-5 com Mikel Martóinez) e Francisco Vilaça (cedeu por 6-0 e 6-4 perante Niels Visker).

No final do dia, a falta de luz impediu que se concluíssem três dos oito encontros da ronda final do qualifying, pelo que será com esses que a jornada de quinta-feira começará, às 10 horas.

Foram igualmente agendados os 16 encontros relativos à primeira ronda do quadro principal de singulares, dois deles entre portugueses (Gonçalo Oliveira contra Henrique Rocha e Fábio Coelho frente a Tiago Pereira) e com um total de sete representantes lusos em ação (Duarte Vale, Jaime Faria e Pedro Araújo completam o grupo luso.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos