(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

AF Algarve continua a fazer história no Futebol de Praia: Leia as declarações dos intervenientes

AF Algarve continua a fazer história no Futebol de Praia: Leia as declarações dos intervenientes

Realizou-se esta terça-feira, na Área Desportiva da Praia da Rocha, um jogo inédito no Futebol de Praia da Associação de Futebol do Algarve, entre a Seleção do Algarve e a Seleção Nacional da modalidade.

A partida foi aberta ao público, que assistiu a um encontro especial para os algarvios, em particular para os jogadores, que tiveram oportunidade de partilhar o campo com os melhores atletas do País, entre os quais o atual melhor do mundo, Bê Martins, e o quarteirense Rui Coimbra.

A Equipa das Quinas, atual nº 2 no ranking da Beach Soccer World Wide, terminou esta quinta-feira um estágio de preparação em Portimão, a poucos meses de disputar o Mundial da modalidade.

Recorde-se que a histórica convocatória da AFA incluiu atletas de todos os clubes de futebol de praia filiados em 22/23 e contou com a colaboração técnica dos treinadores das respetivas equipas.

Logo após o final do encontro, a AFA recolheu as declarações de alguns dos principais intervenientes, que falaram sobre a iniciativa conjunta da AFA e da Federação Portuguesa de Futebol, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Portimão.

Madjer, Coordenador Futebol de Praia FPF: “Identificámos sempre o Algarve como um dos polos das seleções, não só de futebol de praia, mas de futebol e de futsal, de vários escalões, que costumam estagiar cá. A realização de estágios na região é importante para motivar o esforço que a AFA tem feito no trabalho desenvolvido em prol do futebol de praia. Comunicarem com os clubes que participaram no campeonato distrital e convidarem os jogadores que se destacaram, acho que é importante, não só para o Algarve, não só para a AFA, mas também para os clubes e até mesmo para a própria Seleção Nacional. Nunca se sabe se não aparecem jogadores com qualidade para o presente e para o futuro”.

Mário Narciso, Selecionador Nacional: “O Algarve é o sítio ideal para o nosso estágio. Temos na região todas as condições necessárias e algo muito importante que são as condições climatéricas, que estão bastante melhores do que em qualquer outro ponto do país”.

Rui Coimbra, Internacional Português: “Foi uma ótima iniciativa para dinamizar o futebol de praia aqui no Algarve. Há 15 anos estava a jogar contra a seleção e deixo o meu conselho para os mais jovens: nunca desistam porque nunca sabemos o dia de amanhã; lutem pelos sonhos e um dia, quem sabe, talvez possam olhar para trás com a certeza de que tudo valeu a pena. Depois, estagiar no Algarve, na minha terra, é ótimo. As condições climatéricas também são favoráveis nesta altura do ano”.

João Pedro Gomes, Vice-Presidente AFA com o Pelouro do Futebol de Praia: “O que aconteceu foi inédito para o Algarve e para a Associação de Futebol do Algarve, com uma seleção distrital pioneira em Portugal. Esta iniciativa, em colaboração com a Federação Portuguesa de Futebol, surge no âmbito do objetivo que temos de promover o máximo possível a modalidade que lançámos na última época com o primeiro campeonato distrital. Esta foi mais uma forma de evidenciar o trabalho dos clubes e dos atletas, que viveram um dia inesquecível, e que um dia mais tarde queremos repetir. Divulgar a modalidade pelos amigos, pelos clubes, pelas autarquias e por demais entidades regionais para que esta época possamos evoluir com uma Liga Algarve Futebol de Praia ainda mais competitiva é o nosso foco. Que a modalidade cresça e prevaleça no Algarve”.

Pedro Crespo, Treinador AD Tavira Praia | Seleção do Algarve: “O Algarve fez história ao construir, pela primeira vez, uma seleção distrital baseada nos atletas que jogaram em equipas da região. Há que dar mérito e os parabéns a todos os envolvidos na iniciativa, desde à Associação, aos jogadores e à própria Seleção Nacional, que nos ajudou a concretizar este sonho. Enaltecer os nossos jogadores que nunca tinham estado num jogo desta dimensão”.

Hugo Inácio, Treinador CDR Quarteirense/QBS Newlife | Seleção do Algarve: “É uma das experiências que nunca vamos esquecer. Privar e partilhar o campo com os atletas da Seleção Nacional, que estamos habituados a ver apenas na televisão, é muito bom. Esta experiência é necessária para que possamos evoluir e melhorar o nosso trabalho aqui no Algarve”.

Eduardo Barão, Treinador ID Francisco Gomes | Seleção do Algarve: “É uma felicidade imensa e muito gratificante e honroso para todos nós termos feito parte desta primeira Seleção do Algarve, seja a comissão técnica, sejam os próprios jogadores, ainda mais para jogar contra Portugal, que é uma das melhores seleções do mundo. Foi uma experiência fantástica e é algo que ficará para sempre marcado para recordação”.

Pedro Duarte, Atleta AD Tavira Praia | Seleção do Algarve: “Foi uma boa experiência e é muito gratificante poder jogar contra atletas de topo mundial”.

Marco Gomes, Atleta CD Odiáxere | Seleção do Algarve: “Foi muito gratificante. Depois de todo o trabalho já desenvolvido, é um prémio para nós, algarvios. Já é a segunda época que estou na modalidade e é muito gratificante estar aqui no meio dos melhores do mundo”.

Rúben Cruz, Atleta CDR Quarteirense/QBS Newlife | Seleção do Algarve: “Foi a cereja no topo do bolo depois de o CDR Quarteirense/QBS Newlife ter ganho a Liga no verão. Foi mesmo uma experiência fantástica e dou os parabéns à Associação pela iniciativa, que espero que se possa repetir”.

João Madeira, Atleta CR Alturense | Seleção do Algarve: “É um privilégio poder jogar contra esta equipa de nível mundial, tecnicamente muito evoluída. Foi uma boa experiência a todos os níveis”.

Guilherme Candeias, Atleta GEJUPCE | Seleção do Algarve: “Vou trabalhar para ter oportunidade de repetir esta muito boa experiência. Para o ano estarei novamente na Liga Algarve”.

Miguel Noronha, Atleta ID Francisco Gomes | Seleção do Algarve: “Foi espetacular, é sempre um privilégio jogar contra uma Seleção Nacional e marcar um golo foi a chave de ouro”.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos