(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Monumentos do Algarve reabrem a 5 de Abril

Monumentos do Algarve reabrem a 5 de Abril

Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe (Vila do Bispo) e Ruínas Romanas de Milreu (Faro) reabrem as suas portas esta segunda-feira, dia 5 de Abril, depois de mais de dois meses encerrados ao público.

Durante este período, as equipas estiveram a trabalhar na melhoria dos espaços para o aguardado regresso dos visitantes aos monumentos do Algarve.

Para celebrar a reabertura ao público dos monumentos afectos à Direcção Regional de Cultura e incentivar a visita a este espaços, foi aprovada a gratuitidade nas entradas no dia 5 de Abril, sendo que a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe estará excepcionalmente aberta na segunda, já que este é o dia de encerramento semanal. Em Milreu, os visitantes podem falar com os conservadores–restauradores que estão a trabalhar nos mosaicos.

Todos os monumentos são ao ar livre, reunindo as condições de segurança para que crianças e adultos desfrutem dos seus espaços e fiquem a conhecer melhor o nosso património. No entanto, o distanciamento e o uso de máscara são obrigatórios e a desinfecção frequente das mãos recomendada, de acordo com as indicações da Direcção-Geral de Saúde (DGS). Os três monumentos têm a garantia de segurança atribuída pelo Turismo de Portugal através do selo "Clean & Safe" e seguem as regras de funcionamento constantes da Orientação 028/2020, da DGS.

Enquanto vigorar, em território nacional, a obrigação de recolhimento a partir das 13:00 horas, aos sábados e domingos, os monumentos apenas funcionarão durante o período da manhã, até às 12:30 horas.

Com a reabertura ao público dos monumentos do Algarve, entram em funcionamento novas gratuitidades.

A partir de dia 5 de Abril, a entrada aos domingos e feriados é gratuita para residentes em território nacional durante todo o dia (anteriormente era apenas até às 14:00 horas).

A entrada nestes monumentos passa a ser gratuita para os Bombeiros Voluntários portugueses, assim como para estudantes do ensino profissional e superior nas áreas das áreas histórico-artísticas e do Turismo, Património e Gestão Cultural.

Além de outros já em vigor, mantêm-se os acessos gratuitos para os antigos combatentes do ultramar e respectivos viúvo ou viúva, cidadãos portugueses e da União Europeia em situação de desemprego, para todos os cidadãos residentes em território nacional, que no ano civil, perfaçam 18 anos, bem como para os residentes no município onde se situa o monumento.

Todas as informações sobre os monumentos do Algarve estão disponíveis aqui.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos