(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre

Ministério da Cultura duplica apoio financeiro à Casa do Artista, que aumenta para 99 mil euros/ano até 2025

Ministério da Cultura duplica apoio financeiro à Casa do Artista, que aumenta para 99 mil euros/ano até 2025

O Dia Mundial do Teatro foi a data simbolicamente escolhida para a assinatura de um novo Protocolo entre o Ministério da Cultura e a Apoiarte – Associação de Apoio aos Artistas, apresentando como principal novidade a duplicação do apoio financeiro a consignar através do Fundo de Fomento Cultural.

O montante a disponibilizar em 2023, 2024 e 2025 passa a ser de 99 mil euros/ano, num total de cerca de 300 mil euros. Nos termos do anterior Protocolo, o valor anual era de 50 mil euros.

Este reforço significativo do apoio do Governo traduz o reconhecimento da importante missão social e cultural desenvolvida pela Apoiarte/Casa do Artista, instituição ímpar no nosso país.

Por outro lado, é mais um sinal do crescente investimento que o Ministério da Cultura tem feito na consolidação do Teatro em Portugal: em 2023, o financiamento estatal ao setor soma um total de 33,64 milhões de euros, o que representa um aumento de 27 por cento em relação ao montante atribuído em 2022, de 26,5 milhões de euros.

“Se a função de um governante é efémera, limitada no tempo, a natureza do trabalho artístico é intemporal e essencial à construção do futuro”, declarou Pedro Adão e Silva por ocasião da formalização do Protocolo, esta manhã na Casa do Artista. Na sua perspetiva, “é obrigação de um ministro da Cultura apoiar as instituições que cuidam dos artistas e que protegem a nossa memória coletiva”.

Do lado da Apoiarte o Protocolo foi assinado pelo presidente, José Raposo. Aludindo ao papel da Casa do Artista, “espécie de berço do teatro” e de outras artes, o ator saudou, em seu nome e de todos os residentes, o valor desta iniciativa do Ministério da Cultura. “Estamos gratos por esta ação tão benemérita, mas sobretudo tão responsável e tão ‘normal’ – porque é assim mesmo que devem funcionar as instituições”, frisou.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos