(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Escultura do artista alemão Jared Bartz, “Voice of the Fish”, terminou a sua viagem em Sagres no dia 19

Escultura do artista alemão Jared Bartz, “Voice of the Fish”, terminou a sua viagem em Sagres no dia 19

Depois de passar pela Alemanha, Luxemburgo, França e Espanha, a escultura do artista alemão Jared Bartz, “Voice of the Fish”, terminou a sua viagem em Sagres no dia 19, onde voltou ao mar, perto dos Ilhotes do Martinhal.

Foi o fecho de uma campanha de cinco ações que alertou para a necessidade de preservar a biodiversidade marinha através de uma gestão eficiente das pescas, condenando a débil atenção dada ao controle das áreas marinhas protegidas em toda a União Europeia.

Uma iniciativa da Organização Não Governamental (ONG) portuguesa Sciaena, em conjunto com outras ONG europeias, nomeadamente a BUND, FNE, Ecologistas en Acción e Seas at Risk, que recorreu à escultura que representa uma mulher que carrega um peixe nos braços, agindo como testemunha do que os humanos fazem ao oceano e desafiando-nos a repensar e recriar a nossa conexão com o oceano.

Numa mesa-redonda realizada no Centro de Interpretação da Lota de Sagres, no Porto da Baleeira, diversos representantes do Município de Vila do Bispo, Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve (CCMAR), empresas de mergulho e da Sciaena debateram a problemática da pesca ilegal e a falta de gestão das áreas marinhas protegidas em Portugal.

Recorde-se que Portugal, tal como a UE, comprometeu-se a proteger 30% das suas águas até 2030, um objectivo crucial para abrandar o ritmo de desaparecimento de habitats e espécies do oceano.

Siga a campanha aqui https://bit.ly/3UVK9mm

  • PARTILHAR   

Outros Artigos