(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Dez mil pessoas passaram pelo Festival das Amendoeiras em Flor de Alta Mora

Dez mil pessoas passaram pelo Festival das Amendoeiras em Flor de Alta Mora

Durante três dias, a aldeia de Alta Mora acolheu dez mil visitantes dos quatro cantos do mundo no Festival das Amendoeiras em Flor, que decorreu entre 2 e 4 de fevereiro, garantindo casa cheia.

Foi a consolidação do festival que “deve ser assumido como um dos maiores eventos de época baixa da região, é neste momento um dos grandes fatores da serra algarvia e um forte contributo para o seu desenvolvimento”, disse a vice-presidente do Município de Castro Marim, Filomena Sintra.

Acrescentando ainda que “os financiadores devem medir este impacto e apoiar ao máximo a sua projeção nas próximas edições”.

O sucesso do Festival das Amendoeiras em Flor começou há 20 anos com a exploração turística de percursos homologados pela Associação Odiana, uma iniciativa pioneira na região, que se tem traduzido numa das melhores formas de atrair visitantes ao território.


Os passeios pedestres das amendoeiras em flor foram a iniciativa percursora deste festival, que não conseguiam dar resposta ao número de interessados que aumentava de ano para ano.

Em 2020, com a chancela do programa “365 Algarve”, nasceu então o Festival das Amendoeiras em Flor. Já sem este apoio, foi retomado em 2023 com o compromisso financeiro do Município de Castro Marim e este ano coadjuvado pelo Turismo de Portugal, um apoio que a entidade organizadora da Associação Recreativa, Cultural e Desportiva dos Amigos da Alta Mora (ARCDAA) espera que se mantenha.

Para além das caminhadas, outro dos destaques do festival tem sido a Torta de Amêndoa Gigante, este ano com 42 metros, apadrinhada pelo chef Francisco Siopa, um dos criadores do Festival Internacional do Chocolate de Óbidos, e confecionada por uma pasteleira local, em colaboração com alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António de várias nacionalidades. O chef Francisco Siopa realizou também demonstrações de alta pastelaria com produtos endógenos no recinto, como a torta de alfarroba.

Outra das preocupações desta iniciativa é a valorização de agentes culturais locais. Artistas, artesãos e produtores locais preenchem a diversificada programação dos três dias com animação de rua, música, teatro, dança, gastronomia, exposições, artesanato e agricultura.

O programa pretende ainda dar destaque ao mercado e aos produtos da região como o mel, os frutos secos e a doçaria, além do artesanato como a cestaria, com artesãos a trabalhar ao vivo, workshops e recriações.

Estrategicamente existe o objetivo de promover e revitalizar os valores, tradições e identidade do território, privilegiando a amêndoa como um dos produtos algarvios mais emblemáticos. O Festival das Amendoeiras em Flor é um evento organizado pela ARCDAA, com o apoio do Município de Castro Marim, da Junta de Freguesia de Odeleite e de muitos voluntários e residentes com espírito de missão pelo combate ao despovoamento e desertificação. A transformação do festival contribuiu para a amplificação da rede móvel disponível, servindo para uma promoção e divulgação mais direta e eficaz.

“É um festival que promete alavancar a pequena economia e dar sentido às sucessivas estratégias de desenvolvimento rural, só possível porque há quem acredite, trabalhe e aja, com entrega e alma”, conclui Filomena Sintra.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos