(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Café com Letras celebra Centenário do Nascimento de Laura Ayres

Café com Letras celebra Centenário do Nascimento de Laura Ayres

“Mulheres na Ciência” é o tema da próxima sessão do Café com Letras, que terá lugar esta sexta-feira, dia 10 de fevereiro, às 18h30, na Fnac, do Fórum Algarve, em Faro. 

Inserido no âmbito das comemorações do Centenário do Nascimento de Laura Ayres, e na véspera do Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência, o Café com Letras tem como convidadas Leonor Cancela e Rosalía Vargas. A moderação está a cargo de Adriana Freire Nogueira, Diretora Regional de Cultura do Algarve.

Laura Guilhermina Martins Ayres foi médica, professora universitária, especialista em saúde pública, virologista e a “voz e a figura” da luta contra a SIDA em Portugal, estando na origem da Comissão Nacional de Luta contra a SIDA.

Natural de Loulé, Laura Ayres licenciou-se em 1946. Estagiou em Inglaterra, onde se especializou em virologia, tendo regressado a Portugal para se dedicar à pesquisa no Laboratório de Virologia, que fundou, no Instituto Superior de Higiene Dr. Ricardo Jorge.

Após o 25 de Abril, fundou e dirigiu o Centro Nacional da Gripe, criou o Registo Nacional de Malformações Congénitas e foi, ainda, a responsável pela fundação do Centro de Vigilância Epidemiológica nas Doenças Transmissíveis.

Em 1985, foi nomeada coordenadora do Grupo de Trabalho SIDA, e graças aos seus dotes de grande comunicadora, Laura Ayres destacou-se também na forma utilizou os meios de comunicação social na prevenção das doenças transmissíveis, em particular da SIDA, contribuindo para uma efectiva promoção da saúde na população.

Rosalía Vargas é presidente da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica - e diretora do Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva, de onde se destaca a criação e implantação das redes de Centros Ciência Viva, de Escolas Ciência Viva, de Quintas Ciência Viva e de Clubes Ciência Viva na Escola. É também presidente do Conselho de Escola do IGOT – Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, é membro do Comité Internacional do Centro de Ciência Copernicus, Varsóvia, e integra o Conselho Geral da Universidade Aberta e o Conselho Consultivo de Acompanhamento do Plano Nacional das Artes.

Leonor Cancela é Professora Catedrática da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve/UALG, membro do Algarve Biomedical Center e membro fundador do Centro de Ciências do Mar/CCMAR. É Diretora da Licenciatura e do Doutoramento em Ciências Biomédicas da UALG, desde a sua implementação, Diretora do Colégio Doutoral da UALG, por nomeação de reitor desde 2019, e presidente do Conselho Científico da recém-criada Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve. É co-fundadora da Technozeb, Unidade de Negócios da Technophage SA envolvida na descoberta de moléculas com interesse terapêutico a partir do zebrafish.

A Câmara Municipal de Loulé assinou um Memorando de Entendimento com a Direção Regional de Cultura do Algarve, o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP-Nova), a Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve e o Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres, Quarteira, no sentido de ao longo de um ano desenvolverem ações que recordem a mulher, a médica, a investigadora, a pedagoga, a professora Laura Ayres, cuja vida foi dedicada à Saúde Pública, temática tão presente nos tempos de hoje.

A partir de dia 10 de fevereiro, durante uma semana, vai estar patente ao público, no Fórum Algarve, uma exposição sobre a vida e obra de Laura Ayres, uma iniciativa da Câmara Municipal de Loulé.

O “Café com Letras” é uma iniciativa organizada pela Direção Regional de Cultura do Algarve, pela Biblioteca UAlg e pela Fnac Portugal, com a colaboração da RUA FM - Rádio Universitária do Algarve.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos