(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão

Feriado Municipal de Lagos comemorado em contexto de novo ciclo autárquico

Feriado Municipal de Lagos comemorado em contexto de novo ciclo autárquico

Hugo Pereira fez o seu primeiro discurso, em cerimónia oficial, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Lagos. Dirigindo-se às entidades e ao público presente na Sessão Solene do Dia do Município, realizada no Centro Cultural de Lagos, o autarca referiu-se à eleição da Prof.ª Joaquina Matos, como deputada da Assembleia da República, como um momento alto de reconhecimento de todo o trabalho pela mesma desenvolvido em prol de Lagos e dos lacobrigenses, o que constitui não só um motivo de orgulho, mas também o iniciar de um novo capítulo na defesa dos direitos do Algarve e de Lagos.

Afirmando não pretender uma rotura com o passado, mas sim concretizar os projectos idealizados em conjunto com a sua antecessora, visando a melhoria das condições de vida dos concidadãos, Hugo Pereira deixou o compromisso de tudo fazer para enfrentar os novos desafios e responsabilidades que aí vêm, sobretudo as decorrentes do processo de descentralização de competências e da multiplicidade de áreas que terão de ser operacionalizadas durante o ano de 2020.

O Presidente recordou ainda os projectos que atingirão no próximo ano uma fase avançada de concretização ou mesmo finalização, referindo, a título de exemplo, os de maior vulto, como: a construção de novas habitações municipais; a implementação da Polícia Municipal; a conclusão da obra de renovação e ampliação do Museu Municipal Dr. José Formosinho; a reabilitação da estrada que liga Lagos à Vila da Luz e da estrada da Meia Praia; a segunda fase da requalificação da Ponta da Piedade; a preservação do cordão dunar da Meia-Praia; a concretização da obra da nova Escola EB1 + JI da Luz; e a requalificação das Muralhas e Torreões de Lagos. Intervenções que o Município espera conseguir concretizar não apenas aproveitando o momento de estabilidade e equilíbrio financeiro que se vive, mas também através da capacidade negocial e de uma estratégia de captação de fundos comunitários. O combate às alterações climáticas, o aprofundamento do diálogo com os agentes económicos e a captação de investimento em áreas como a agricultura, pescas, empreendedorismo e tecnologia, foram também identificadas como áreas estratégicas para garantir um desenvolvimento sustentável do Município.

Na sua intervenção, Hugo Pereira não esqueceu as causas pelas quais importa continuar a pugnar junto do governo, como sejam a melhoria das condições de saúde dos algarvios, a electrificação da linha ferroviária que serve a região, obra essencial e inadiável, assim como a liberalização da utilização da A22, passando esta via a estrada nacional e isentando a cobrança de portagens.

Em destaque estiveram igualmente as sete entidades homenageadas nesta cerimónia, um conjunto de personalidades, instituições e empresas, que, no entender dos órgãos (executivo e deliberativo) municipais que aprovaram as propostas de atribuição das Medalhas de Mérito Municipal, dignificam a sua terra e têm contribuído para elevar Lagos enquanto município de relevância regional, nacional e internacional, merecendo o reconhecimento da sociedade lacobrigense, conforme sublinhou o Presidente da Assembleia Municipal, Paulo Morgado.

Hélio Nunes Xavier pelos seus trabalhos prestados em prol das artes, em especial na área da pintura e da escrita, Jorge Mealha Costa, pelo trabalho a favor das artes, nomeadamente na área da escultura e da cerâmica, José Inácio Seromenho, pelo reconhecimento na área desportiva, nomeadamente nas disciplinas de Tiro aos Pratos, e os estabelecimentos comerciais Restaurante Reis e Ourivesaria Coimbra, pelo seu contributo em prol do desenvolvimento da economia local, foram agraciados com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata.

A distinção máxima foi atribuída a Luís Manuel Afonso, pelo seu trabalho e dedicação a favor da saúde e bem-estar da comunidade, e ainda à Congregação do Santíssimo Redentor – Missionários Redentoristas em Lagos, agraciados com a Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro.

A cerimónia contou com a presença de Dom Manuel Quintas (Bispo do Algarve), Rui Santiago (Padre Provincial da Congregação do Santíssimo Redentor), Adriana Nogueira (Diretora Regional de Cultura do Algarve), Nuno Marques (Vice-Presidente da CCDR), e ainda Cláudia Ferreira (Vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras) que se deslocou a Lagos a convite do Município, no quadro da geminação existente entre as duas municipalidades, acompanhada de uma escola de dança que actuaria na Sessão Solene. Marta Alves, a artista lacobrigense revelação que tem estado a demonstrar o seu talento no panorama musical, protagonizou o momento de animação cultural que abriu a cerimónia deste ano.

O Dia do Município começou com a cerimónia de hastear da bandeira na Praça Gil Eanes, com a participação dos órgãos municipais, das colectividades locais e da Banda Filarmónica Lacobrigense 1.º de Maio, que interpretou, uma vez mais os hinos nacional e da cidade. Seguiram-se as Festas Religiosas de São Gonçalo de Lagos, com Missa Campal e Procissão em Honra do Santo Padroeiro. Quem quiser saber mais sobre a vida e obra de São Gonçalo de Lagos, padroeiro de Lagos e de Torres Vedras, poderá visitar até dia 28 de dezembro a exposição que está patente nos Antigos Paços do Concelho.

Feriado Municipal de Lagos comemorado em contexto de novo ciclo autárquico - 1Feriado Municipal de Lagos comemorado em contexto de novo ciclo autárquico - 1Feriado Municipal de Lagos comemorado em contexto de novo ciclo autárquico - 1
  • PARTILHAR   

Outros Artigos